sábado, 12 de dezembro de 2009

Sabedoria feminina

Empiricamente comprovada. Surgiu-me no meu cérebro de cientista social / miúda sem muito em que pensar (excepto trabalho sem fim, aulas de espanhol, aulas de ballet, família, amigos, ainda bem que não tenho namorado, oh céus, nunca pensei dizer isto), após notar determinadas subtilezas do comportamento masculino. Mais uma vez, mulheres desvendam os infindáveis sinais corporais do sexo oposto.

A hipótese (que não se deve pôr na negativa, mas que se lixe, também não sou assim tão cientista) era:

Mulher, um homem não está atraído por ti quando, ao te abraçar, te dá palmadinhas nas costas.

Observação no campo e várias experiências (não propositadas, na verdade) permitem-me afirmar que esta hipótese pode agora ser considerada um facto científico. Reparem lá e depois venham dizer-me que não tenho razão.


Nota: Atenção que eu não disse que, quando um homem abraça decentemente, está atraído por ti, mulher. Relax, não inventes já histórias de amor onde elas não existem.

Nota 2: Ao contrário do que é habitual na minha depressiva pessoa, este estudo não advém de nenhum interesse particular nem comprova um qualquer desgosto amoroso. É apenas o meu eu observador em funcionamento.

3 comentários:

Nicole Brito Bravo disse...

sou fã! fã do vosso blog! e este texto está brilhante! parabéns clara que espero conhecer um dia para me dar uns conselhos de sabedoria feminina que tanto preciso :)))

Just a boy walkin' around... disse...

Está bem observado. Não é por umas palmadinhas nas costas que queremos algo. Normalmente, até é o contrário.

Já quando as palmadinhas são noutra parte do corpo as coisas são diferentes.

Como "cientista" cabe-te a ti descobrir isso. :)

Rafa disse...

hehehehe

Check!! =P
...mas não sempre...!! até pq depois deste estudo exaustivo, corre-se o risco de os "objectos de estudos" quererem manipular as conclusões!! =)