quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Parabéns, Ni!


Esta foi há muito tempo (já fazes 21!), mas o conforto que sinto ao teu lado é exactamente o mesmo. A cumplicidade, maior. E o amor...

...o amor verdadeiro não se quantifica. Para o amor verdadeiro, não há palavras capazes.


PS.: E não há chucha que se meta entre nós!

2 comentários:

Ela adormecida disse...

Tão lindas! ;)

Não há mesmo palavras capazes para descrever um amor assim... tão puro, incondicional e.. eterno.

Um beijinho de parabéns para a Ni *

prima mais escura da Clara disse...

Nessa altura, quando alguém fazia anos, brincávamos às barbies e ao macaquinho do chinês, e cantávamos onda choc. Agora vemo-nos no meio de conversas sobre como poupar 300€ num carrinho de bebé!! Something wrong...?
Ainda bem que há coisas que não mudam enquanto o tempo passa, só crescem. Como a vossa cumplicidade...
*