quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Plateia


Ninguém pode preenchar o vazio de outra pessoa. Somos como uma sala de cinema com lugares marcados. Cada um com o seu bilhete, com a fila certa, a cadeira certa. Ninguém pode sentar-se num lugar que não é seu. Impossível.

Isto porque o filme não está no ecrã, mas na plateia. Cada um de nós tem o seu papel. Pode não ser muito explícito, mas não podemos desempenhar o papel de outra pessoa. Não sabemos as falas, não apanhamos as deixas, porque não são as nossas. Impossível.

Há cadeiras que ficam vazias. Temporariamente ou não. Podemos não conseguir parar de olhar para o lugar por preencher, podemos até esquecer-nos de que ele lá está. Na fila da frente, encostado à parede, há sempre pelo menos um desses vazios. Que ninguém me venha dizer que tem a sala esgotada. Impossível.

5 comentários:

Ela adormecida disse...

E quando a luz se apaga vês mais de perto em que estória tens lugar. É como se fosse recomeço... *

Anónimo disse...

Bom, bom, é ter o cinema por nossa conta, como já aqui orgulhosamente confessei ter-me acontecido. É verdade que a solidão não é para todas as almas (Comment vous défendez-vous contre la solitude? je suis devenu la solitude même, citando o quarteto de alexandria). É mesmo para muito poucas, que misery (like happiness) loves company. De qualquer maneira, na questão tem também influência a escolha de sala, de filme, de horário, de com-ou-sem-pipocas (sem), etc. Tudo isto que fica supra resumo agora infra: perdi-me. Mas anoto, para não variar, a subtileza da ideia de quem por aqui arrot posts. Snake.

Anónimo disse...

claro, clara. e quando vês uma luz no escuro, é só o vendendor de pipocas (ou um ciclista perdido, se o filme for surrealista). fred.

Clara disse...

Não nos esqueçamos dos lugares que estão preenchidos. No meu caso são suficientes para iluminar a sala. Só que mais luz nunca é demais. Este não é um post triste =)

Anónimo disse...

pois, clara: "mehr Licht!" disse Goethe - últimas palavras antes de sair do cinema. Que é como quem diz "Fiat 500 de Luxe". fred.