sexta-feira, 14 de março de 2008

A Manuela

Procurei uma imagem para este post, mas não encontrei nada que fizesse jus ao que vi ontem.

Ontem vi a Manuela em cima de um palco, muito nova, muito magra, de tutu branco e pés com pontas, completamente virados e esticados. A Manuela estava nos olhos e no nariz, de resto estava pouco reconhecível. Eu conto-vos a história da Manuela.

A Manuela é uma artista. Tem uma casa de artista, com piano e muitas salas. A Manuela nunca casou nem nunca teve filhos. Ou melhor, nunca casou com uma pessoa nem teve filhos do seu ventre.

Mas voltemos atrás. A Manuela era pequenina (mais do que é hoje) e, como é natural numa menina pequenina, encantou-se num espectáculo de ballet. Não pelas bailarinas e os seus tutus de princesas, mas por um bailarino. Dançava maravilhosamente.

A Manuela cresceu. Começou a fazer ballet só aos 15 anos. Isso não a impediu de acabar o Conservatório de dança com 19 valores. A Manuela dançou em S. Carlos, solista da Gulbenkian, tem uma fotografia ao lado do Nureyev. Depois, tornou-se professora.

Esta é a história resumida da Manuela. Mas quem é ela? Serei concisa:

A Manuela ia ao futebol com o tio em pequena e hoje tem um lugar cativo no Sporting. Adora futebol e está sempre a dizer que os exercícios de aquecimento do futebol vêm do ballet.

A Manuela é prima direita daquele que já foi apelidado como o maior pianista português de sempre, Sérgio Varella Cid (desaparecido até hoje).

A Manuela chama "minhas queridas" às alunas, diminui os nomes a "inhos" e trata-as todas por você. Como antigamente.

A Manuela é muito pequenina, mas consegue controlar aulas com mais de 20 crianças. Nunca é agressiva.
A Manuela tem uma costela espanhola e adora danças de sevilhanas.

A Manuela é ainda hoje, uma bailarina com um talento demasiado grande para caber naquela sala tão pequena.

A Manuela fez anos ontem, mas não tem idade.

Ontem, a Maria Ana entrou furtivamente na casa da Manuela para "roubar" uma fotografia. Ampliámos e oferecemos juntamente com um ramo lindo de begónias ("as favoritas da minha bisavó!") roxas, a sua cor favorita.

A Manuela é como está naquela fotografia. É uma verdadeira bailarina: ar delicado, mas sempre, sempre de pescoço esticado e queixo erguido.

Não consigo cansar-me do seu nome.

14 comentários:

Gema disse...

Contigo aprendi como é uma fada e desbobri todo o seu encanto. Contigo aprendi a amar o ballet e conheci a Manuela. É ela! Uma fada sem idade. Uma fada das verdadeiras. Pequenina, morena, que, ao contrário das histórias, não tem de ser muito bonita. Com um encanto especial. Parabéns à Manuela!

Anónimo disse...

Pergunto-me se será a Manuela Cid que durante 7 anos foi minha professora de ballet, em alguns sítios, incluindo o PioXII. Nao a vejo à mais de 20 anos,mas a descrição corresponde na perfeição. Pequena na estatura,mas enorme na sua paixão.

Guida

Clara disse...

Guida, é mesmo essa ;)

Anónimo disse...

Bem me pareceu pela descrição!:)A Manuela foi minha professora de ballet até aos 13 anos. Embora nunca mais a tenha visto ou tenha tido alguma informação dela, jamais a esqueci. Era extremamente exigente e dedicada. Há hipoteses de me dares algumas dicas de espectaculos que ela dirija ou afins? Gostava muito de a reaver! O meu mail é mgdsantos@aeiou.pt.

Cristina Maria Sosinho Q. R. Barata (NINI) disse...

Que bom que foi ouvir falar da minha querida professora de ballet Manuela Varella Cid. Nunca vou esquecer os quatro anos em que aprendi os meus primeiros (e últimos) passos de dança com uma senhora sempre com ar de menina. Tive aulas com a Manuela no colégio universitário Pio XII e gostava imenso de saber o que é feito dela. Será que alguém me pode informar? O meu e-mail é cristina.sozinho@gmail.com

Cristina Maria Sosinho Q. R. Barata (NINI) disse...

Que bom que foi ouvir falar da minha querida professora de ballet Manuela Varella Cid. Nunca vou esquecer os quatro anos em que aprendi os meus primeiros (e últimos) passos de dança com uma senhora sempre com ar de menina. Tive aulas com a Manuela no colégio universitário Pio XII e gostava imenso de saber o que é feito dela. Será que alguém me pode informar? O meu e-mail é cristina.sozinho@gmail.com

Anónimo disse...

Olá, sou aluna da Prof. Manuela, e para quem tem interesse de reve-la, passo-vos um contacto muito precioso.
www.paraalemdomovimento.com
Cumps a todos,
MHA

Anónimo disse...

Sim e verdade foi pena não deixar a morada da professora Manuela , sei que fica nas avenidas novas mas não me lembro da morada do estudio da professora Manuela, que e irmã de uma grande senhora tambem
vera varela cid, uma grande professora que inflismente está doente( a quem desejo as melhoras)
se eu encontrar a morada envio novo cometario cumprimentos.-------

Andreia André disse...

Ora ai está uma grande senhora. Grande em conhecimento, grande em coração, grande em amor pela arte e pelas suas meninas...E para sempre grande no meu coração...Uma pequena mulher que transformou a minha vida!

Drama Queen disse...

A Manuela tb foi mh professora durante 7 anos no Pio XII :) Adorei! É única!

Anónimo disse...

Foi minha professora, adorei!!!

Verónica Varela Cid disse...

Gostaria de corrigir que a Vera Varella Cid nao é irmã da Manuela mas sim prima. Infelizmente é verdade que a minha Mãe Vera Varella Cid está doente mas fico contente que guardem a memória de uma grande senhora que tanto contribuiu para a Dança e o ensino desta em Portugal.
Verónica Varela Cic

Sofia disse...

@Veronica Varella Cid, também guardo no coração a prof. Vera. Ainda que apenas por um ano (quando eu tinha 3) e porque eu não me ajeitava muito na arte do ballet. Foi minha professora num pequeno externato que (ainda) dá pelo nome de Externato Caravela. Para ela envio um beijinho de melhoras.

Lúcia Maria disse...

A Professora Manuela Varella Cid foi a minha primeira professora de dança, em S. Carlos, foi determinante no meu percurso artístico, apesar de não ter continuado a dança e sim o teatro. Nunca a esquecerei.