segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Barcelona, part tres



"Maybe we could be each other's soul mates. And men could be these great nice guys to have fun with", disse a Charlotte de Sex and the City para as suas amigas (andamos intelectuais nas fontes!).

Talvez seja verdade. Neste fim de semana, sempre juntas, deu para perceber o que é partilhar uma experiência empolgante com alguém que amamos. E há coisas que só podem ser perfeitas com os amigos.

Obrigada, Lilas (a casca deste ovo), por teres feito anos e por seres uma amiga tão especial que inspiraste uma prenda especial. Acho que a prenda foi maior para nós, que pudemos viver estes dias contigo.

O hostel não teria a menor graça se o lençol da Lilas não fosse demasiado curto. O Mercado da Boquería não teria a menor graça se não nos ríssemos imenso quando nos perguntavam a cada 5 segundos "quiéren algo?". A casa Batló não teria a menor graça se não cantássemos "se gostas de Barcelona, batlós palmas". As escadas da Sagrada Família não teriam a menor graça se não estivéssemos todas assustadas (embora soubéssemos que aquilo tinha de ter fim). O rapaz por trás do balcão não teria a menor graça se não comentássemos umas com as outras como ele estava bem cozinhado. E o metro não teria tido a mínima piada se não gozássemos com os seus caminhos labirínticos.

Barcelona, Lisboa, todas as cidades do mundo não seriam nada se vocês não estivessem nelas comigo.

4 comentários:

Gema disse...

GENIAL!!! Ou, como dizem os nossos amigos espanhuelos: Rénial!!! Fiz um comment só no último post da trilogia para te dizer, minha Clara, que os teus posts foram tão brilhantes e tão mágicos quanto o nosso fim-de-semana Porque é que tivemos de voltar? :( Também há internet lá! O ovo nunca morreria e nós seríamos, sem sombra de dúvidas, muito mais felizes! Agora só falta editar o nosso vídeo de quatro horas e a missão fica cumprida! Apontem já nas vossas agendas: para o ano é o Carnaval em Veneza, ou o fim do Verão em Paris!

c.s disse...

Se me deixarem ser vossa amiga, eu até tenho um tempinho durante o Verão... Mas só se me deixarem ser vossa amiga...

lilith * disse...

Ela uma vez... não teve medo de ter medo.
Ela muitas vezes, e cada vez mais vezes, sente que apenas se encontra consigo mesma quando abre as janelas do seu corpo e olha o mundo no plural.

Ter o grupo de amigos que eu tenho faz-me querer abraçar-vos sempre.
Ter os presentes especiais que vocês me oferecem, faz-me sentir que essa magia é mais doce que o próprio algodão-doce... e é especialmente doce, porque vocês estão no meu coração.

Barcelona não teria sido igual se vocês não estivessem comigo (mesmo as elas e os elos que não estiveram fisicamente connosco). Eu não seria eu... E hoje sou «ela» ao vosso lado.

<3*

Carlita* disse...

Ai minhas lindas, não imaginam a inveja, "saudável" claro!, que tenho de vocês e da vossa fantástica experiência em Barcelona! A cidade que nos atrai e que já nem dá vontade de regressar!=)
Aposto que foi tão tão bom que "até te colas"!!!
Beijinhos pra todas =) e bienvenidas ao mundo real *