terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Insónia

I couldn't sleep
Didn't want comforting
Just company to sleep

And then in dreams we meet
And stay asleep

I awoke feeling restless
Didn't know quite where I was
Though I felt far away and cold
It was so late but my mind was curious
It was quiet, snowing with frosted windows
I had a book but wasn't reading just watching you

Didn't want comforting
Just company, oh be sweet
It could go either way
Based on what they say

I didn't wish to be somewhere else
Your face was comforting to me
I don't remember you smiling
But just the same
I didn't know you
You didn't know what to make of me
It was peaceful that night
A kind of friendship all too serious

"I couldn't sleep", Au Revoir Simone

10 comentários:

Hugo Gonçalves disse...

as tuas insónias são povoadas por meninas indiferentemente chic que experimentam sapatos de salto? Kinky and yet classy.

Clara disse...

As meninas são as Au Revoir Simone, donas do poema que aí está. Nas minhas insónias nunca entram personagens femininas, curiosamente...

Hugo Gonçalves disse...

eu sei que são as simone. não era uma pergunta, era mesmo insolência.

Clara disse...

Ah. Que falta de sensibilidade a minha. Insolência é sempre bem-vinda.

Joao Tordo disse...

deixa a miúda em paz, hugo! é muito novinha para ti.

Clara disse...

Eu já descobri qual é o limite de idade. Um homem é demasiado velho quando a sua idade é mais próxima da idade do meu pai do que da minha. Ou seja, o meu limite é 37 anos. E já me parece um bocado demais, confesso.

Hugo Gonçalves disse...

Assim se transforma um blog num recreio de liceu, João. O senhor de idade retira-se, então, para os seus aposentos.

Anónimo disse...

Se nas tuas insónias entrassem meninas, não se trataria de insónias, mas de sónias. Também são de evitar, as sónias... Snake.

Louro disse...

Estou indeciso em relação à piada das Sónias... Genial ou too much easy? Genial ou too much easy? Genial ou too much easy? É que estou francamente indeciso... Mas que ri? Lá isso ri... Maybe I'm the easy one...

Clara disse...

Easy, tu? Never ever, dear ;)